domingo, 11 de junho de 2017

Sinfonia Órgão - Casa da Música

Depois de um iato enorme, devido a razões.. haem... académicas... volto finalmente a partilhar convosco o trabalho de hoje.
 Mais um magnífico concerto pela orquestra sinfónica da Casa da Música, inspirador, elegante e enriquecedor. Nunca deixo de me surpreender nestes concertos, porque julgo reconhecer o trabalho dos compositores que antecederam o trabalho do autor visado (neste caso Camille Saint‑Saëns). Talvez tenha reconhecido Beethoven e decerto Mozart, aliás, Saint‑Saëns parece ter algo em comum com este último no que toca à inspiração. Falo de questões que se ligam às agruras da vida: o réquiem para um desconhecido no caso de Mozart, e, no caso de Saint‑Saëns, a morte de ambos os filhos .
- Aguarelas
- Pilot Pen 0.4







1 comentário:

  1. há uma continuidade no tipo de traço que dá a forma às figuras, mas a mancha está muito mais solta, espontânea e assumida. é uma boa exploração. o 2º desenho faz-se valer da textura criada pelas manchas e o último pelo espaço em branco de volta da figura inacabada. Melhor ainda seria ainda ter uma perspectiva do caderno aberto para ver o conjunto na dupla página.

    ResponderEliminar